Quando Começar a Empreender ?


Sabe aquela dúvida de quando começar um negócio?

É porque você não sabe em que fase da Pirâmide de Maslow você se encontra e qual deve ser o próximo passo!




Abrahan Maslow foi um psicólogo que em 1946, em Nova York desenvolveu uma teoria sobre a Hierarquia das necessidades humanas em formato de uma pirâmide.

E para diversos estudos, esta Hierarquia criou um aspecto de norte para ajudar a entender o comportamento humano.

Contudo, quando se trata de empreendedorismo, é preciso entender o Mercado, o Público, a Praça e o Produto, mas é fundamental entendermos a nós mesmos como empreendedores, em que fase estamos e qual o próximo passo.


Um passo de cada de Vez: A direção é mais importante do que a velocidade.


Abrahan Maslow foi um psicólogo que em 1946, em Nova York desenvolveu uma teoria sobre a Hierarquia das necessidades humanas em formato de uma pirâmide.

Nesta hierarquia ele apresenta cinco fases e a cada fase o número de pessoas que se encontram nelas é menor.


1 - Necessidades Fisiológicas

2 - Segurança

3 - Sociais

4 - Autoestima

5 - Auto Realização


Observe que para se pular de uma etapa a outra, é preciso que a etapa anterior tenha sido completamente resolvida.



1 - Necessidades Fisiológicas.


São as necessidades mais básicas da vida, como: Comer, ir ao banheiro, dormir, beber água, entre outras.

Tantos acidentes de carros ocorrem porque as pessoas dormiram ao volante, não é possível controlar o sono por muito tempo, mesmo que você seja o melhor motorista do planeta.

Um palestrante pode dominar toda a teoria do assunto que ele vai ministrar, mas não é

possível ele apresentar uma boa palestra se ele estiver segurando uma vontade imensa de ir ao banheiro.

Então, somente se a pessoa resolver suas necessidades básicas é que ela poderá ir para o próximo passo.

No caso do empreendedor, não tem como você investir em um negócio, tirar dinheiro pa


ra dispor em algo, se você estiver na base da Pirâmide, se você estiver suprindo suas necessidades básicas/fisiológicas.

Reverta isto!


Tratando da Pirâmide de Maslow, com enfoque apenas no empreendedo


rismo, o seu passo é reverter a situação, de tal forma que você chegue na parte dois da pirâmide, a segurança.



A base da Pirâmide são as Necessidade Fisiológicas.


Se você está na base, isto significa que o passo que precisa dar é o mais difícil, o mais demorado e o mais doloroso, mas é ele quem vai te dar força para chegar na segunda fase.

Não pense que você está sozinho(a), a base da pirâmide é onde tem mais gente e onde se tem grandes oportunidades de mudanças e de crescer.


Então se estou nesta parte da pirâmide, o que devo fazer?



Um controle severo das finanças, tem que segurar o quanto der pra segurar, e não será fácil, pois o seu dinheiro é comprometido para suprir as necessidades básicas.

Criar uma reserva de dinheiro que não poderá ser mexida, a não ser para o evento que destinou, no caso seu plano de negócio.

Dedique tempo, não será fácil, pois terá que priorizar ao que você irá dedicar este tempo.

E quando se está na base, a maior parte do tempo, estamos lutando para sobreviver.


Esses são os três passos mais importantes, diminuir despesas, reservar uma quantia de dinheiro mensal e administrar as prioridades.


2 - Segurança


Nesta fase da pirâmide de Maslow, as pessoas buscam segurança.

Uma casa para morar, uma regularidade salarial, saúde, tudo o que garante segurança


A segunda parte da Pirâmide de Maslow é o porto seguro.

Geralmente é nesta fase que a maioria dos empreendedores começam.

Já conquistaram o básico, não existem necessidades que prendam ao fisiológico, já tem certo poder de compra e consegue se sentir seguro o suficiente para deixar o velho emprego e tentar algo novo. Mas aí mora o perigo.

Uma vez que uma necessidade inferior surge, imediatamente você desce de posto na pirâmide.

Você tem sua casa própria, isto te dá muita segurança, tem onde morar, tomar banho, dormir, deixar o carro, suas lembranças estão pelas paredes, mas em determinado mês não consegue pagar o financiamento da casa e isto começa a acontecer mês após mês.

Imediatamente você cai da parcela de segurança para as necessidades básicas.

Então, qual passo dar, com sabedoria, se estou nesta etapa da Pirâmide de Maslow?


Seja constante!


Ser constante é a maior força da natureza.

Siga o plano que estava funcionando lá na base, reserve uma parte do dinheiro, administra suas prioridades e diminua despesas.

Porém, aqui tem que associar mais uma etapa: Não tome decisões precipitadas, pense e analise com cuidado.

Nada de sair largando o emprego, ou mandando o chefe pras "cucuias", faça isto de forma ordenada, comece a investir e só largue o emprego quando tiver certeza que terá alguma renda que te manterá na fase da segurança.

Se for pra arriscar, arrisque com conhecimento e riscos calculados.


3 - Sociais


Aqui onde mora o perigo.

Muita gente que sabota nossos planos, estão bem próxima da gente.

A fase social é aquela que você já supriu todas as necessidades fisiológicas e também as necessidades de segurança.

Então os ciclos de amizades, os encontros familiares, as relações sexuais e afetivas, começam a surgir e neste momento a pessoa empreendedora pensa: Será que vou decepcionar?


As vezes aquela pessoa que você está se relacionando não quer que você siga seus sonhos, o familiar questiona se sua decisão de largar o emprego é boa realmente, se você se expor na internet tem futuro, se o que você escolheu é realmente bom.

Então nesta fase, o passo que devemos dar é o seguinte:

Seguir o funcionou no primeiro e segundo momento que foram:

Reserve uma parte do dinheiro, administra suas prioridades e diminua despesas + Não tome decisões precipitadas, pense e analise com cuidado. Somado a escolha de ficar próximo de quem nos eleva, nos ajuda e nos apoiam nas nossas transformações.



A nossa rede social tem que ser de pessoas que nos apoiam e nos transformam. Se afaste de quem sempre ver o lado ruim, das pessoas que quando você vai contar uma ideia de jogam pra baixo. Seja protagonista de suas escolhas e ande com colabora para o seu crescimento.




Fique perto de quem te valoriza.

4 - Estima


Conquistas, se você encontra-se nesta fase, das conquistas! Meus parabéns.

Eu sei que não foi fácil e que muita coisa aconteceu.

É importante entendermos que esta fase é a que muita gente deseja e poucos conseguem: Já supriu todas as necessidades fisiológicas, já não se sente inseguro em nenhum aspecto, suas rede social te eleva, então agora você conquista coisas, um bom cargo, uma boa relação com pessoas , dinheiro suficiente para adquirir bens e serviços que deseja, está com a vida ganha, como dizem por aí.

Se você está nesta fase e deseja empreender, é um caminho mais leve, mais fácil e mais seguro. Basta seguir os passos anteriores somado a um passo a mais.


Invista em você!



Siga os passos já trilhados:

Reserve uma parte do dinheiro, administra suas prioridades e diminua despesas + Não tome decisões precipitadas + Escolha de ficar próximo de quem te eleva + Invista em você, faça cursos, mentorias e aperfeiçoe seu conhecimento, aprenda cada dia mais e seja o diferencial no mercado que atua, inclua neste aprendizado, metas de adrenalina. Corra riscos maiores, siga um pouco do seu instinto e mostre ao mundo sua marca! Seja audacioso (a), mas tudo com muita sabedoria.


Separe um dinheiro para investimentos de guerra, para aprender coisas novas e sair da zona de conforto.

Nada vai te levar mais longe do que o conhecimento que você adquirir.



5 - Auto Realização


A fase mais perigosa da hierarquia das necessidades humanas, todas as fases anteriores foram supridas e agora ficamos com o Ego, já temos tudo o que queremos, mas buscamos algo mais, tem gente que foca na fé, outros no poder, alguns em causas sociais.

A verdade é que quando se é empresário, chegar no topo da Auto Realização é para poucos e se você chegou até aqui, eu digo que o melhor passo que pode dar é honrar quem te ajudou e apoiou pelo caminho.

Se você está nesta fase, compartilhe conhecimento, divida o que você aprendeu com a humanidade.

É importante entender que basta um ser humano chegar ao limite do conhecimento e empurrar este limite um pouco mais, para que toda a humanidade evolua com ele.


Juntos, somos mais inteligentes.


Eu sou Evandro Mangueira e amo Pequenas Empresas e Empreendedores!

Vamos juntos crescer!


Um Grande Abraço.

3 visualizações0 comentário